Bobby Vee, astro teen e ícone da música pop dos anos 1960

0
Powered by Rock Convert

MUSO TEEN NOS ANOS 60

Bobby Vee (Foto: Reprodução)

Bobby Vee (Foto: Reprodução)

 

Ídolo adolescente na década de 60

Bobby Vee, ícone da música pop norte-americana (Foto: Associated Press/ Divulgação)

Bobby Vee, ícone da música pop norte-americana (Foto: Associated Press/ Divulgação)

Bobby Vee (Fargo, Dakota do Norte, 30 de abril de 1943 – Rogers, 24 de outubro de 2016), estrela da música pop, astro teen dos anos 60, nome artístico de Robert Thomas Velline, ícone da música pop dos anos 1960

A carreira do músico começou em 1959, quando a sua banda, os Shadows in Fargo, foi chamada para substituir Buddy Holly, Ritchie Valens e Big Bopper, músicos que morreram num acidente de avião quando viajavam para o espetáculo em Moorhead, Minnesota.

“Rubber Ball” e “Take Good Care of My Baby” foram dois dos principais sucessos de Vee.

Vee alçou o sucesso em 1959 após uma tragédia que ficou conhecida como “o dia em que a música morreu” (como conta a canção de Don McLean, American Pie), quando um acidente de avião matou os músicos Buddy Holly, Ritchie Valens e JP “Big Bopper”, que estavam a caminho de um show. Vee e amigos tiveram a tarefa de substituí-los e o artista gravou Suzie Baby, seu primeiro single.

oexploradorPowered by Rock Convert
Vee, que também ficou conhecido pelas canções Take Good Care Of My BabyMore Than I Can Say e The Night Has A Thousand Eyes, também foi responsável por ajudar ninguém menos que Bob Dylan no início da carreira.

O cantor também ficou conhecido por ter ajudado Bob Dylan a dar os primeiros passos no mundo da música, ao contratar o norte-americano para ser o seu pianista. “[Bobby Vee] é a pessoa mais maravilhosa com quem já partilhei palco”, disse o Prêmio Nobel da Literatura, em 2013.

Durante a carreira, Bobby Vee tocou ainda com os Rolling Stones. Em 2012, o cantor afastou-se dos palcos depois de ser diagnosticado com Alzheimer.

Bobby Vee morreu em 24 de outubro de 2016, aos 73 anos. Vee revelou em público em maio de 2012 que sofria do Mal de Alzheimer, doença que foi diagnosticada em 2011. À época, estava em seu estágio inicial. “Envelhecer não é para os mansos”, chegou a declarar ele.

Viúvo, Vee foi casado com Karen Bergen de 1963 até a morte dela, em 2015. O músico deixa além de Jeff Veline, mais três filhos: Jennifer, Robert e Thomas Velline.

(Fonte: http://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2016/10 – 25/10/2016

(Fonte: http://mag.sapo.pt/showbiz/artigos – SHOWBIZ – 25 OUTUBRO 2016)

Powered by Rock Convert
Share.