Andrew Grove, ex-executivo-chefe da Intel, pioneiro dos computadores pessoais (PCs) e lenda da tecnologia

0
Powered by Rock Convert

Andy Grove, ex-executivo da Intel e pioneiro dos PCs, administrador da Intel e embaixador do Vale do Silício

 

Grove é um dos pioneiros na expansão dos computadores pessoais.

 

Andrew Stephen Andy Grove (Budapeste, 2 de setembro de 1936 – 21 de março de 2016), representante do Vale do Silício que tornou a Intel a maior fabricante mundial de chips e ajudou a guiar a era do computador pessoal.

 

O ex-executivo-chefe da Intel e pioneiro dos computadores pessoais (PCs), Andy Grove, um judeu nascido na Hungria que sobreviveu à ocupação nazista e emigrou para os EUA quando seu país fazia parte do bloco comunista liderado pela União Soviética.

 

Enquanto os fundadores da Intel, Robert Noyce (1927-1990) e Gordon Moore, propuseram grande parte da tecnologia de chips que ajudou a criar a indústria de semicondutores, Grove foi quem transformou suas ideias em produtos de verdade. Ele foi responsável pelo crescimento dos lucros e preços das ações da Intel nas décadas de 1980 e 1990.

 

Naturalizado americano, Grove esteve presente na fundação da Intel em 1968, da qual se transformaria primeiro em presidente, em 1979, e depois em executivo-chefe, em 1987. Grove foi o responsável pela decisão de mudar o foco dos negócios da companhia da memória digital para os microprocessadores.

 

O período de Grove no comando da Intel coincidiu com o boom dos computadores pessoais nos anos 1990, o que multiplicou exponencialmente os ganhos da empresa. Grove é considerado no setor como um dos pioneiros da expansão dos computadores pessoais, ao lado de figuras como Bill Gates (Microsoft) e Steve Jobs (Apple).

 

Ele se tornou o presidente da companhia em 1979, presidente-executivo em 1987 e presidente do Conselho e presidente-executivo em 1997. Renunciou ao cargo de presidente-executivo em 1998 e continuou como presidente do conselho até 2004.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Antes da fama, a guerra

 

Grove nasceu em Budapeste com o nome de András Gróf. Ele é húngaro de origem e imigrou para os Estados Unidos em meados de 1956. A infância foi dura: quando era criança, os nazistas ocuparam sua terra natal. Escondido com a mãe na casa de amigos enquanto o pai foi levado para fazer trabalhos forçados, ele escapou com uma identidade falsa. Milhares de judeus eram enviados de Budapeste para campos de concentração.

 

Em seguida, a União Soviética ocupou o país. Em 1956, a Revolução Húngara estourou e essa foi a hora de fugir de vez. Grove já trabalhava como jornalista na época. Primeiro, ele e um amigo foram para a Áustria antes de embarcarem para os EUA. Em sua carteira, US$ 20. Felizmente, um grupo de apoio a imigrantes o resgatou e ajudou o agora Andrew Grove a recomeçar a vida. Em Nova York, ele estudou Engenharia Química e se tornou PhD na Universidade da Califórnia.

 

Andy Grove faleceu em 21 de março de 2016, nos Estados Unidos, aos 79 anos, informou a própria empresa californiana especializada na fabricação de microprocessadores.

(Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/03 – FOLHA DE S.PAULO – MERCADO / Da Reuters – 22.mar.2016)

(Fonte: https://www.tecmundo.com.br/intel – INTEL / por Nilton Kleina – 22/03/2016)

(Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2016/03 – TECNOLOGIA /  / Da EFE – 22/03/2016)

© Copyright 2000-2016 Globo Comunicação e Participações S.A.

Powered by Rock Convert
Share.