Aaron Spelling, foi um dos produtores com maior currículo na televisão dos Estados Unidos

0
Powered by Rock Convert

Produtor de seriados de TV

Foi um dos produtores com maior currículo na televisão dos Estados Unidos

Aaron Spelling , produtor de seriados de TV (Foto: charmed.wikia.com)

Aaron Spelling, produtor de seriados de TV (Foto: charmed.wikia.com)

Aaron Spelling (Dallas, Texas, em 22 de abril de 1923 – Los Angeles, 23 de junho de 2006), produtor de programas de TV, que deixou sua marca no horário nobre da televisão dos Estados Unidos com seriados como “Beverly Hills 90210” (“Barrados no Baile”) e “Dinastia”

Entre outras séries produzidas por Spelling estão “Ilha da Fantasia”, “Starsky and Hutch”, “Casal 20”, “As Panteras” e “O Barco do Amor”.

O produtor é pai da atriz Tori Spelling, que interpretava o papel de Donna em Barrados no Baile e do ator Randy Spelling. 

O produtor de TV americano Aaron Spelling, criador de séries como As Panteras, Ilha da Fantasia, Melrose e Barrados no Baile, produziu mais de 140 filmes para a televisão. Entre os mais reconhecidos estão Death Sentence, de 1974, com Nick Nolte em seu primeiro papel; O Menino da Bolha, de 1976, o primeiro papel dramático de John Travolta e The Best Little Girl in the World de 1981, estrelando Jennifer Jason Leigh como uma adolescente anoréxica.

Cheryl Ladd (esq.) com  Aaron Spelling

Cheryl Ladd (esq.) com Aaron Spelling

Durante os anos 70 e 80, Spelling produziu séries e filmes exclusivamente para a rede de TV americana ABC e é responsável por grande parte do êxito da emissora. Spelling, entrou para o Guinness Book como o produtor de televisão mais bem sucedido do mundo.

Carolyn Jones com Aaron Spelling (Foto: www.pinterest.com)

Carolyn Jones com Aaron Spelling (Foto: www.pinterest.com)

Um condecorado veterano de guerra, Spelling tinha origem pobre e se tornou um dos homens mais ricos e poderosos de Hollywood. Ele figura no Livro Guinness dos Recordes como o produtor mais ativo.

Poucos tiveram maior influência nos hábitos televisivos que Spelling, que também teve papel relevante na formação da imagem internacional da cultura americana. Ele era um produtor que se envolvia com as séries, ajudando a elaborar roteiros e desenvolver os personagens.

Muitas das séries de Spelling apresentavam pessoas ricas e fotogênicas cujas vidas eram tristes, com a mensagem de que nem sempre a vida dos outros é melhor. O mesmo podia ser dito sobre a sua própria vida. Tímido, ele raramente deixava sua mansão de 123 quartos no subúrbio de Holmby Hills, perto de Los Angeles.

Nascido em Dallas, Texas, em 22 de abril de 1923, filho de imigrantes russos e poloneses, Spelling era provocado pelo colegas de infância por sua origem judaica. Ele serviu na Aeronáutica dos EUA durante 1942 e 1945 e recebeu medalhas de mérito militar.

DONO DO HORÁRIO NOBRE

oexploradorPowered by Rock Convert

Sua carreira em Hollywood começou como ator, em 1953, no papel de vilões e derrotados em séries de Velho Oeste da TV, como “Gunsmoke” — uma escolha estranha de profissão para um jovem extremamente magro e tímido.

Logo ele percebeu que se daria melhor atrás das câmeras, primeiro como escritor e depois produtor. Seu primeiro grande sucesso foi “Burke’s Law”, que tinha Gene Barry (1919-2009) no papel de um detetive milionário. Spelling seguiu com uma incursão na contra-cultura com “The Mod Squad”, um seriado de ação sobre três jovens infratores que passam a combater o crime. O programa foi ao ar na rede ABC entre 1968 e 1973.

Não tardou muito para que Spelling praticamente se tornasse o dono do horário nobre da ABC, que foi apelidada de Aaron’s Broadcasting Company.

Nos anos 1980, ele se tornou o mago das telenovelas. Com “Dinastia”, criou uma concorrente para “Dallas”, e fez de Joan Collins uma estrela de Hollywood.

Após um tempo em baixa, ele voltou ao topo do mundo da TV com “Barrados no Baile”, sobre as relações entre adolescentes ricos de Beverly Hills. Sua filha, Tori, fez o papel de Donna. Em seguida, ele emplacou “Melrose Place”.

Ele esteve à frente de outros projetos como Starsky and Hutch, Barco do Amor e se manteve no século 21 com séries como 7th Heaven, Summerland e Charmed que são exibidas no Brasil por emissoras de TV a cabo. 

Aaron Spelling morreu em sua casa em Los Angeles, 23 de junho de 2006, dias após ter sofrido um derrame. Ele tinha 83 anos.

Spelling foi diagnosticado com câncer em 2001 e foi hospitalizado em junho por causa de um derrame.

Ele deixou sua mulher, Candy, a filha Tori Spelling, que atuou em “Barrados no Baile”, e o filho Randy Spelling, que também é ator.

(Fonte: http://cultura.estadao.com.br/noticias/geral – 20060624p60927 – NOTÍCIAS – GERAL – CULTURA – AGENCIA ESTADO – 24 Junho 2006)

(Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultnot/reuters/2006/06/24/ult26u21774 – LOS ANGELES (Reuters) – ÚLTIMAS NOTÍCIAS/ Por Dean Goodman – 24/06/2006)

Reuters Limited – todos os direitos reservados. O conteúdo Reuters é de propriedade intelectual da Reuters Limited. 

Powered by Rock Convert
Share.