A primeira presidente mulher da organização responsável pelo Grammy

0
Powered by Rock Convert

1ª presidente mulher do Grammy

Primeira presidente mulher da organização responsável pelo Grammy

 

Grammy afasta presidente dias antes de premiação por ‘alegação de má conduta’

 

Powered by Rock Convert

Deborah Dugan, presidente da Recording Academy, responsável pelo Grammy, foi afastada do cargo a apenas dez dias da 62ª edição do evento. No posto desde agosto de 2019, quando substituiu Neil Portnow, a executiva foi denunciada por má conduta. Durante as investigações, Harvey Mason Jr. assumirá como presidente interino.

Em 16 de janeiro, Deborah Dugan foi colocada em licença administrativa e efetivamente removida de seu cargo de Presidente e CEO da Recording Academy.

Os organizadores dos Prêmios Grammy colocaram sua presidente e executiva-chefe, Deborah Dugan, de licença por causa de uma “alegação de má conduta”, disseram em um comunicado nesta quinta (16). O espetáculo de 26 de janeiro seguirá como planejado, com Harvey Mason Jr. como presidente interino.

A Academia de Gravação, cujos membros escolhem os vencedores anuais dos prêmios da indústria musical, informaram que forçaram Dugan a sair de licença “à luz de preocupações ventiladas pelos membros do conselho diretor, inclusive uma alegação formal de má conduta feita por um membro da equipe da Academia de Gravação”.

A organização não fez mais comentários sobre a natureza da alegação ou da relação de Dugan com ela.
A cerimônia de premiação terá apresentações de concorrentes a troféus e revelações como Billie Eilish, Lizzo e Camila Cabello.

O presidente do conselho, Harvey Mason Jr., atuará como presidente e executivo-chefe interino até a investigação ser concluída, disse a Academia, acrescentando que dois investigadores independentes de uma terceira parte foram contratados para analisar a suposta má conduta.

Dugan assumiu o cargo em 1º de agosto como primeira mulher presidente e executiva-chefe da entidade.

“Devido a sérias preocupações conduzidas ao conselho da Recording Academy, incluindo uma acusação formal de má conduta feita por um membro feminino da equipe, o conselho colocará a presidente Deborah Dugan em uma licença administrativa de caráter imediato”, diz o comunicado obtido pela revista Variety ontem.

(Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/musica/noticia/2020/01/17 – POP & ARTE / MÚSICA / Por Reuters – 17/01/2020)
(Fonte: https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2020/01/17 – GRAMMY / Do UOL, em São Paulo – 17/01/2020
(Fonte: https://cultura.estadao.com.br/blogs/ CULTURA / Por Alexandre Ferraz Bazzan – 17 de janeiro de 2020)
Powered by Rock Convert
Share.