A primeira igreja do Brasil a gerar a sua própria energia

0
Powered by Rock Convert

A primeira igreja do Brasil a gerar a sua própria energia

Paróquia do Rio é pioneira em geração de energia solar

Powered by Rock Convert

A Paróquia São José, localizada na Zona Sul do Rio de Janeiro, tornou-se a primeira igreja do Brasil a gerar a sua própria energia. Por meio de uma parceria com Furnas, Arquidiocese do Rio, Casaleve e Instituto-E, a Paróquia comandada por Padre Omar recebeu 56 painéis fotovoltaicos, responsáveis por uma geração de 1.700 kWh/mês, o equivalente a 40% do consumo local.

O projeto, que contou com o apoio técnico de Furnas e foi elaborado pela Casaleve e Instituto-E, prevê uma economia de cerca de R$ 20 mil por ano na conta de energia. As placas fotovoltaicas foram instaladas no teto da igreja em formato de cruz e podem ser vistas do alto do Morro do Corcovado. A principal inspiração da iniciativa foi a “Encíclica Verde”, documento escrito, em 2015, pelo Papa Francisco que trata de questões socioambientais mundiais.

O documento do pontífice aborda o uso e a produção da energia elétrica. O texto afirma que o desenvolvimento de formas menos poluentes de produção de energia, bem como o seu uso de forma eficiente, deve ser apoiado.

Uma das empresas mais importantes do setor elétrico brasileiro, Furnas prestou consultoria técnica ao projeto da Paróquia São José. “Furnas possui um corpo técnico qualificado, responsável pela implantação de diversos projetos de eficiência energética pelo país, inclusive do edifício do Ministério de Minas e Energia, em Brasília.

Além disso, a empresa promove, desde 2013, o Furnas Educa, programa que ensina a crianças de escolas municipais de todo o país noções de preservação ambiental, de recursos hídricos e de eficiência energética. O apoio de Furnas ao projeto da Paróquia São José é mais uma das inciativas que se encaixam com o perfil de empresa cidadã e ambientalmente responsável”, afirma Alexandre Pinhel, engenheiro de FURNAS que concedeu apoio técnico ao projeto da Paróquia.

Pinhel explica que o apoio técnico de Furnas indicou o projeto mais adequado para o perfil da Paróquia São José e que a ideia é torná-la autossustentável no futuro. O engenheiro revela, ainda, que o projeto conta com um aplicativo de celular que monitora o funcionamento dos conversores dos painéis solares. A ferramenta permite que o usuário saiba, mesmo de longe, se o sistema está gerando energia e, aproximadamente, quantos kW estão sendo gerados.

(Fonte: http://www.procelinfo.com.br – NOTÍCIAS – PROCEL INFO – 12.09.2016)

Powered by Rock Convert
Share.