“A dissidência não deveria ser vista como um ato criminoso.” Jorge Olivera Castillo, jornalista cubano, libertado por razões de saúde pelo regime de Fidel Castro, quando cumpria pena de dezoito anos de prisão

0
Powered by Rock Convert

“A dissidência não deveria ser vista como um ato criminoso.”

Jorge Olivera Castillo, jornalista e escritor cubano, libertado por razões de saúde pelo regime de Fidel Castro, quando cumpria pena de dezoito anos de prisão

(Fonte: Veja, 15 de dezembro de 2004 – ANO 37 – Nº 50 – Edição 1 884 – Veja essa/ Por Julio Cesar de Barros – Pág: 42/43)

Share.