“O major, então, puxou o revólver e atirou na cabeça do rapaz. Foi a primeira vez que vi uma pessoa baleada.” AMILCAR LOBO, médico psiquiatra que trabalhou para o Exército, no Rio, no início dos anos 70, em entrevista dada a ISTOÉ na edição 536, de 1/4/1987

0
Powered by Rock Convert

“O major, então, puxou o revólver e atirou na cabeça do rapaz. Foi a primeira vez que vi uma pessoa baleada.

AMILCAR LOBO, médico psiquiatra que trabalhou para o Exército, no Rio, no início dos anos 70, em entrevista dada a ISTOÉ na edição 536, de 1/4/1987.

(Fonte: IstoÉ/1931 – 25/10/2006, Edição Especial 30 anos – 1987 – Editora Três – Pág; 126)

Share.